VMware compra startup CloudHealth de olho em computação em nuvem

A VMware anunciou nesta segunda-feira que comprará a CloudHealth Technologies como parte do esforço da empresa de tecnologia da informação para ampliar seus serviços na área de computação em nuvem.

A empresa norte-americana pagará aproximadamente 500 milhões de dólares pela startup sediada também nos Estados Unidos, disseram à Reuters fontes a par do assunto.

A VMware vai incorporar a CloudHealth em sua plataforma de gerenciamento de serviços de computação em nuvem, disse o presidente-executivo da VMware, Pat Gelsinger, à Reuters. Essa plataforma possibilita que as empresas controlem e analisem custos, conformidade e desempenho de seus ambientes de computação em seus próprios data centers e nuvens públicas, como o Amazon Web Services (AWS) e o Azure, da Microsoft .

“Qualquer um que esteja implantando aplicativos operando em nuvem está utilizando várias nuvens públicas. Como eu gerencio essa complexidade? O CloudHealth está exatamente alinhado com isso”, disse Gelsinger. Ele não comentou o valor do acordo. A empresa anunciou a aquisição durante a conferência anual, VMworld, onde também anunciou uma série de novos serviços em nuvem, incluindo uma expansão da parceria VMware Cloud com o AWS, da Amazon.com .

A VMware adicionou serviços de software baseados em assinaturas no último ano, conforme mais corporações começam a transferir seus sistemas de computação e armazenamento de dados de seus próprios servidores para nuvens públicas.

A chave dessa estratégia tem sido a parceria com o AWS, que simplifica a transição das empresas para a nuvem. Com a adição da CloudHealth, a VMware está tornando mais fácil para os seus clientes gerenciarem serviços em outros provedores de nuvem, como o Azure e o Google Cloud Platform, da Alphabet .

Dentro do software global de gerenciamento de sistemas em nuvem, a VMware detém 21 por cento do mercado, seguida pela Microsoft com 14 por cento, segundo dados de 2016 fornecidos pela empresa de pesquisa IDC. Esse mercado está projetado para valer 5,4 bilhões de dólares este ano e deve atingir 10,1 bilhões de dólares em 2021, de acordo com a IDC. A VMware, controlada pela Dell , espera que a aquisição seja concluída neste trimestre, disse a empresa.

Fonte: ultimo instante 

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO