Via Varejo anuncia mudança de nome e adquire fintech

Via Varejo comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral sua nova marca, Via, com novas cores e tipografia mais modernas. Essas novas características “remetem a empresa do futuro que a Via quer ser, sem deixar para trás a tradição de empresa que realiza e continuará realizando os sonhos de milhares de brasileiros”, disse a empresa em comunicado.

“Já estamos olhando para o futuro. A Via de hoje não é a mesma de ontem e também não será a Via de amanhã. Vamos buscar inovação o tempo todo. Esses movimentos pelos quais estamos passando na companhia reforçam todo esse comprometimento e trabalho”, conta o CEO da Via, Roberto Fulcherberguer. 

A partir dos resultados apresentados ao mercado em março, a Via destacou que não é mais uma empresa de varejo. “No último ano, a empresa se reinventou, rompeu e unificou as barreiras físicas e digitais das lojas, sites e apps. Também se associou a startups que deram ainda mais velocidade ao sistema logístico e tecnológico, rejuvenesceu a marca Casas Bahia e mudou todo a plataforma de marketplace, acelerando a entrada de novos sellers diariamente”.

“Fizemos muita coisa em pouco tempo e entregamos resultados consistentes aos nossos acionistas, clientes, sellers e especialmente para nossos mais de 46 mil colaboradores. Essa é a Via que estamos construindo, que transmite confiança ao mesmo tempo em que transparecemos nossa inovação contínua, sem deixar de ser inclusiva”, completa Fulcherberguer.

Via Varejo adquire fintech

A Via Varejo também comunicou que sua controlada, Lake Niassa Empreendimentos e Participações, adquiriu 100% das quotas de emissão da Celer Processamento Comércio e Serviço. O valor da aquisição não foi revelado.

A Celer é uma fintech que nasceu como uma plataforma proprietária de soluções de pagamentos e hoje oferece um pacote completo de Bank-as-a Service (BaaS), permitindo que outras fintechs disponibilizem a seus clientes uma conta digital completa integrada a serviços de pagamentos, compreendendo alternativas de cash-in e cash-out, emissão e processamento de cartões, gestão de cobrança e transferências, incluindo ao tradicional portfólio o PIX.

Atualmente, a Celer conta com aproximadamente 200 fintechs integradas, que oferecem aos seus clientes, além soluções próprias, soluções de adquirência e conta digital para mais de 24 mil estabelecimentos comerciais cadastrados. A conclusão da operação e integração com a Celer, permitirá à Companhia ampliar os serviços financeiros disponibilizados aos sellers do seu Marketplace, tais como adquirência e gateway para vendas físicas e online; ampliação conta digital banQi completa e integrada ao PIX; plataforma de antecipação dos recebíveis e também uma gestão completa da agenda financeira, além de viabilizar a jornada omnicanal da Companhia, facilitando a interação financeira entre o seller do Marketplace e as lojas físicas da Companhia, além de parcerias com players relevantes do mercado para a concepção de mais inovações no setor.

 

Fonte: https://startupi.com.br/

26/04/2021

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO