Verizon vende Yahoo e AOL por metade do preço de compra

A operadora irá vender sua subsidiária de mídias digitais para o fundo Apollo por US$ 5 bilhões.

A Verizon anunciou hoje, 3, a venda da Verizon Media, que inclui marcas como Yahoo, AOL, Engadget e TechCrunch para a empresa de gerenciamento de ativos Apollo. Com isso, a operadora irá receber US$ 5 bilhões, pouco mais da metade que pagou nas somas das compras da AOL e Yahoo. A Verizon adquiriu a primeira em 2015 por US$ 4,4 bilhões e a segunda em 2017 por US$ 4,5 bilhões.

A operadora terá direito a 10% dos ativos da Verizon Media, que permanecerá sob a liderança de Guru Gowrappan, CEO da subsidiária e com o nome Yahoo. De acordo com a Verizon, a Apollo está buscando crescimento nas áreas de comércio, conteúdo e apostas. A empresa também afirmou que a venda irá ajudá-la a concentrar energia e recursos em sias principais competências. Os novos focos da operadora têm sido rede sem fio e provedores de internet.

Apesar de Hans Vestberg, CEO da Verizon, ter adjetivado a transação como agridoce, algumas evidências apontam que a empresa já estava ansiosa para se desfazer da subsidiária. No ano passado, por exemplo, a empresa vendeu o Huffington Post para o Buzzfeed. O movimento da provedora parece ir na direção contrária de sua rival AT&T, que para adentrar no mercado de streaming, contraiu pesadas dívidas na aquisição da WarnerMedia por US$ 85 milhões.

Antes de ser a Verizon Media, a subsidiária de mídias digitais da Verizon se chamava Oath, formada em 2017 sob o comando de Tim Armstrong, CEO da AOL. Porém, a subsidiária acabou um ano depois, devido a pressões do mercado, que resultaram em receita e lucro menor do que o esperado, segundo nota da Verizon da época.

Agora, a situação da Verizon Media é diferente, conforme a empresa. A operadora disse que a subsidiária registrou “forte e diversificado crescimento da receita ano a ano nos últimos dois trimestres” e que possui 900 milhões de usuários ativos por mês. A transação ainda passa pelas condições de fechamento e deverá ser concluída no segundo trimestre de 2021. (Com assessoria de imprensa).

 

Fonte: https://www.telesintese.com.br/

03/05/2021

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO