agrofy

Plataforma digital do agronegócio capta US$ 6 milhões

A Agrofy, plataforma digital do agronegócio com sede em Rosário, na Argentina, concluiu na semana passada uma captação de US$ 6 milhões. Participaram da rodada de investimentos, liderada pela SP Ventures, os braços de corporate venture da Syngenta, Bunge, Glencore, da Endeavor e a Cresud, um dos maiores grupos agrícolas argentinos. Em três anos, a agtech já captou US$ 10 milhões.

“Percebemos que o setor agro estava se tornando cada vez mais digital e era a hora certa para lançarmos um marketplace online, com um leque completo de soluções de e-commerce, customizados para as necessidades dos comerciantes e seus respectivos canais parceiros, visando uma rota alternativa para conectar fazendeiros e fornecedores”, diz Landrein, CEO e cofundador da Agrofy.

A Agrofy foi fundada em 2015 por dois empreendedores com histórico na internet argentina, Alejandro Larosa e Maximiliano Landrein. Ambos possuem mais de 18 anos de experiência no setor agrícola e foram os fundadores da empresa FYO.COM, que se tornou a maior plataforma e-barter da América do Sul e uma das principais corretoras de grãos da Argentina.

Nos últimos dois anos, a Agrofy se tornou o site de agronegócio que mais cresce na América Latina, com 3,5 mil empresas com mais de 50 mil produtos listados, sendo que os clientes incluem algumas das maiores multinacionais do agronegócio. A plataforma gera visitas de fazendeiros e leads comerciais em categorias diversas como insumos, maquinário, veículos, fazendas, equipamentos, peças, seguros e outros produtos financeiros.

Os recursos serão usados para construir mais funcionalidades. A expectativa é lançar em 2018 seis novas categorias, levando o total a 15, e implementar uma plataforma de pagamentos online dedicada ao agronegócio.

“O e-commerce ainda é um canal relativamente subutilizado, mas certamente se tornará muito mais relevante na nossa indústria, da mesma forma que revolucionou outras. A Agrofy está com ótima tração junto as maiores indústrias do agronegócio e conta com uma equipe líder extremamente experiente, justamente no momento em que o produtor agrícola está abraçando o mundo digital”, afirma David Pierson, diretor do braço de venture capital da Syngenta, em nota.

Fonte: Valor

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO