McCain do Brasil compra 49% de participação na Forno de Minas

A McCain do Brasil Alimentos, fabricante de batatas pré-fritas e congeladas, fechou acordo para adquirir 49% de participação no capital da Forno de Minas Alimentos. O valor da aquisição não foi divulgado.

Como parte do acordo, os acionistas fundadores da Forno de Minas — Helder Couto de Mendonça, Maria Dalva Couto Mendonça, Hélida Stael Mendonça e Vicente Camiloti — vão aportar suas ações na TPZ Participações, que será transformada em uma sociedade anônima de capital fechado. A TPZ vai controlar a Forno de Minas.

A McCain vai adquirir todas as ações que pertencem atualmente à Mercatto Alimentos Fundo de Investimento em Participações Empresas Emergentes. Na sequência, vai aportar as ações na TPZ Participações. Em seguida, a McCain vai adquirir parte das ações de emissão da TPZ detidas pelos acionistas fundadores. E fará um aumento de capital na TPZ.

Os acionistas fundadores e a McCain assinarão um acordo de acionistas na TPZ, pelo qual será regulada a governança entre os acionistas na administração da TPZ e da Forno de Minas.

Após esse processo, a McCain do Brasil deterá 49% de participação na TPZ; os fundadores terão os outros 51%.

Fonte: Valor

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO