GPS foca em aquisições

Gávea e Warburg Pincus, duas poderosas gestoras, possuem 37% da empresa de serviços GPS. Com essa retaguarda, a empresa pretende acelerar o seu crescimento por meio de aquisições. A GPS já vem adquirindo empresas de pequeno e médio porte de setores sinérgicos ao seu negócio nas áreas de limpeza, segurança, logística interna, engenharia e refeições coletivas. Em 2017, a empresa teve receita líquida de R$ 2,4 bilhões, prevendo chegar a R$ 3 bi em 2018. O plano é comprar ao menos duas concorrentes por ano, sempre com recursos próprios, sendo que nos últimos 12 anos a empresa desembolsou mais de R$ 500 milhões em aquisições. Ano passado, foram realizadas 4 aquisições, em especial a Graber, que correspondia a 40% do tamanho da própria GPS. Com a LC Restaurantes, também adquirida em 2017, a GPS entrou no mercado de refeições coletiva.

Editorial Nello Investimentos

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO