GlobalData estima aumento de fusões e aquisições na hotelaria

GlobalData estima aumento de fusões e aquisições na hotelaria após coronavírus

Pandemia é oportunidade de investimentos para grandes players

O setor do turismo segue como um dos mais afetados pela crise do coronavírus. Com a paralisação das operações em diversos pilares do setor, empresas já estimam as perdas. Após realizar pesquisa sobre hábitos de consumo para o período pós pandemia, a GlobalData analisou o cenário de negócios no segmento pósCovid-19.

Dentre as conclusões, a pesquisa aponta que muitas empresas hoteleiras menores não têm escolha a não ser somar-se à outras maiores para sobreviver. Ralph Hollister, analista de viagens e turismo da GlobalData, analisa o cenário: “O número de negócios anunciados de fusões e aquisições (M&A) diminuiu globalmente de 2.349 em fevereiro de 2020 para 1.984 em março de 2020, enquanto o valor do negócio diminuiu de US $ 151,2 bilhões para US $ 129,9 bilhões”. Essa tendência global é replicada no setor de turismo e, mais especificamente, na indústria hoteleira. No entanto, é provável que a atividade de fusões e aquisições aumente à medida que fornecedores menores são esquecidos”.

O analista ainda discorre sobre o impacto no setor, que com mudanças significativas nas “nas receitas e taxas de  ocupação de hotéis quase certamente apresentam oportunidades de investimento para os principais players à medida que a pandemia avança e, definitivamente, quando acaba”.

Outro ponto é a batalha das grandes empresas por receita, conforme as atividades retornem, ainda que de forma lenta. “As empresas hoteleiras menores não terão escolha a não ser ouvir ofertas de seus concorrentes maiores, já que as reservas de caixa se esgotam a um ritmo impressionante”, prevê Hollister.

Também será vantagem para as grandes empresas, ainda segundo o analista, o fator de segurança. “No curto prazo, os viajantes seguirão inicialmente o que sabem melhor, provavelmente se tornarão mais sensíveis a fatores como higiene e desejam familiaridade. Marcas maiores provavelmente convencerão os consumidores de que podem oferecer isso em hotéis independentes.

E dentre os maiores problemas enfrentados pelas pequenas marcas do setor há ainda o fator econômico “que surgem em uma desaceleração econômica substancial é que os principais players geralmente acabam se beneficiando, enquanto os menores com menos participação de mercado e dinheiro são consumidos ou se tornam falidos”.

Fonte: http://noticias.cennoticias.com/

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO