Fundada por brasileiros, startup do Vale do Silício recebe aporte de US$ 1,6 milhão

Fundada por brasileiros, startup do Vale do Silício recebe aporte de US$ 1,6 milhão

A Birdie, empresa de tecnologia que está revolucionando a forma como as marcas de bens de consumo fazem pesquisas de mercado para obter insights sobre o consumidor, anunciou que recebeu um aporte de US$ 1,6 milhão em uma rodada de financiamento inicial liderada pela Astella, empresa de venture capital com sede no Brasil.

A empresa planeja usar o novo financiamento para apoiar a expansão de Birdie nos Estados Unidos, onde a empresa pretende aumentar suas equipes de vendas e marketing e acelerar o desenvolvimento de novos recursos relacionados à integração com outras fontes de dados.

A Birdie é pioneira em aplicar Inteligência Artificial para obter insights como serviço (IaaS) como foco na experiência de compra de produtos de bens de consumo, e sua plataforma ajuda marcas a entender as opiniões de milhões de consumidores, transformando dados não estruturados em insights acionáveis.

A empresa utiliza AI e NLP (Processamento de Linguagem Natural) para transformar milhões de comentários, avaliações e outras conversas online em percepções do consumidor práticas e estruturadas que ajudam as equipes de marketing a tomar decisões mais rápidas e eficazes.

De acordo com o Gartner, 60% das equipes de Consumer Insights e Data Analytics serão cortadas pela metade até 2023 por não fornecerem insights de maneira mais rápida e eficiente, com muitas marcas ainda usando ferramentas de pesquisa de mercado offline e caras.

No caso da Birdie, o desenvolvimento de um “sistema de inteligência” permite que as empresas consigam ter dados ao mesmo tempo em volume e profundidade, se tornando uma ferramenta crítica para marcas sobrecarregadas pela quantidade de dados gerados pelos consumidores sobre suas experiências de compra.

“Nossa visão é nos tornar um sistema de inteligência único para executivos de Consumer Insights e suas equipes. Ao consolidar dados de soluções de marketing das empresas – como atendimento ao cliente, CRM, coleta de reviews, pesquisa de mercado e social listening – e fontes externas em um dashboard único com insights acionáveis, estamos ajudando marcas de consumo a resolver o problema de Infobesity – ou sobrecarga de informações – para otimizar os esforços de marketing e vendas de nossos clientes”, disse Patrícia Osorio, cofundadora e CMO da Birdie.

Patrícia fundou a Birdie em 2018 ao lado de Alexandre Hadade – apontado pela CNBC como um dos 20 empreendedores mais inovadores da América Latina, Everton Cherman – apontado como o mais jovem PhD do Brasil e expert em Machine Learning e AI, e Rodrigo Pantigas, unindo mais de 15 anos de experiência em automação de marketing, e-commerce e inteligência artificial. Depois de concluir o programa de aceleração de startups da Samsung no Brasil em 2019, Birdie voltou sua atenção para os EUA, onde 44% dos investimentos em Pesquisa de Mercado e Consumer Insights se concentram.

Algumas das principais marcas de consumo do mundo, como Samsung e P&G, já usam a plataforma de Birdie para prever tendências, identificar e antecipar possíveis crises, redefinir estratégias de posicionamento de produtos, identificar possíveis oportunidades de crescimento e descobrir oportunidades promocionais nos varejistas, entre outras coisas. Em todos os casos, a Birdie ajudou seus clientes a obterem insights antes ocultos em meio a milhões de dados de forma mais rápida e eficiente.

“Em apenas cinco anos, a indústria de insights como serviço triplicou para US$ 3 bilhões em 2020 e, dentro disso, a categoria de Consumer Insights, abrangendo marketing, vendas, customer success e gestão de produtos, será um grande impulsionador do crescimento futuro do mercado. A Birdie construiu um poderoso sistema de inteligência que esperamos que se torne o cockpit da próxima geração de marcas líderes de consumo”, disse Edson Rigonatti, sócio da Astella.

Fonte: https://startupi.com.br/

25/08/2020

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO