CVC conclui compra da Almundo

O negócio foi aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e depende ainda de aprovação dos órgãos antitruste da Argentina.

A CVC Corp, maior agência de viagens do país, informou, na noite desta quinta-feira (21), que concluiu a compra da Almundo, que pertencia ao grupo europeu Iberostar e tem presença na Argentina, no Brasil, na Colômbia e no México.

A aquisição foi feita por meio da Submarino Viagens. No dia 1º de agosto, a companhia anunciou a assinatura de um acordo vinculante para adquirir 100% da Almundo, por US$ 77 milhões. A companhia informou, hoje, que concluiu a compra por US$ 74,8 milhões, valor equivalente ao preço após ajuste do caixa líquido/dívida líquida estimado na data do fechamento. Desse total, US$ 72,3 milhões foram pagos em dinheiro hoje e US$ 2,5 milhões ficam retidos até a confirmação do ajuste do caixa líquido/ dívida líquida estimado na data do fechamento.

A Almundo passou por auditoria jurídica e financeira antes da conclusão da compra.

O negócio foi aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e depende ainda de aprovação dos órgãos antitruste da Argentina.

A CVC informou que Juan Pablo Lafosse, diretor geral da Almundo, permanece no comando da empresa. Ele vai se reportar a Luiz Fernando Fogaça, presidente da CVC.

Com a compra da Almundo, a CVC vai dobrar de tamanho na Argentina, saindo da terceira para a segunda colocação no ranking de agências de turismo. A participação passará de 8% para 16%. A Despegar lidera o mercado, com 18%. Na Argentina, a CVC tem o controle do Bibam Group e da Ola Transatlántica, cujas vendas anuais somam US$ 500 milhões. A Almundo registrou em 2018 reservas de US$ 425 milhões e receita líquida de US$ 60 milhões.

A Almundo atua no modelo multicanal na Argentina e no México através de uma rede de 92 lojas na Argentina e 3 no México, call center, plataformas web mobile e aplicativos. As reservas nas plataformas digitais já representam 50% do total. No Brasil e Colômbia, a Almundo atua através de suas plataformas digitais.

A intenção da CVC com a compra é adotar a tecnologia da Almundo nas empresas da CVC no Brasil e na Argentina, principalmente na Submarino Viagens e na CVC Lazer, disse Fogaça, ao Valor.

“Com a compra da Almundo, vamos sair de um time de 500 pessoas cuidando da parte digital (450 no Brasil e 50 na Argentina) para 700 pessoas com a Almundo. Ainda devemos aumentar em mais 100 pessoas na Argentina. A intenção é aproveitar a equipe da Almundo da Argentina para acelerar nossos projetos de integração digital na Argentina e no Brasil”, afirmou Fogaça.

Fonte: Valor Econômico

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO