Broadcom fará oferta hostil por Qualcomm, diz jornal

A fabricante de chips para celulares Qualcomm vai ser alvo de uma oferta de aquisição hostil por parte da concorrente Broadcom, segundo reportagem do Wall Street Journal citando fontes, em um negócio da ordem de US$ 90 bilhões.

Com a informação, as ações da Qualcomm subiram 13% na bolsa de Nova York, nessa sexta-feira, para US$ 61,81, enquanto os  os papéis da Broadcom avançaram 5,5%, atingindo US$ 14,14. Segundo a reportagem, a aquisição será feita com maior parte do pagamento em dinheiro e cerca de 10% a 20% do negócio em permuta de ações, em uma relação de troca da ordem de US$ 70 por ação da Qualcomm.

Na última quinta-feira, a direção da Broadcom anunciou a mudança de sede, que deixará de ser em Cingapura para retornar aos Estados Unidos.

A Broadcom apurou no trimestre fiscal encerrado em 30 julho último — dado público mais recente divulgado — uma receita de US$ 4,43 bilhões e lucro líquido de US$ 507 milhões.

Já a Qualcomm teve no trimestre encerrado em 24 de setembro uma receita de US$ 5,9 bilhões para um lucro líquido de US$ 200 milhões.

Fonte: Valor

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO