BCE quer mais fusões de bancos na Europa

O Banco Central Europeu (BCE) fez um apelo para que os bancos da zona do euro se engajem mais em fusões e aquisições de instituições de outros países dentro do continente, tornando assim o sistema financeiro local mais integrado. A falta de integração concentra os riscos e prejudica a capacidade da instituição fazer política monetária, afirmou o BCE em um relatório publicado ontem.

A moeda única é vista como uma forma de encorajar a emergência de grandes conglomerados financeiros pan-europeus. No entanto, muitas instituições recuaram para dentro das fronteiras nacionais após a crise financeira de 2008.

“O compartilhamento de risco entre países ainda é pequeno”, alertou o BCE. Isso significa que choques econômicos em países individuais passam diretamente para o consumo e o crescimento, ao invés de serem compartilhados pela região.

Mario Draghi, presidente da instituição, tem repetidamente alertado que o bloco tem bancos demais e que os emprestadores são ineficientes. O setor bancário europeu é grande na comparação com o mercado dos Estados Unidos, por exemplo, uma vez que muitas empresas locais se financiam diretamente com essas instituições, ao invés de usarem outros recursos, como captações.

Fonte: Estadão

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO