5 sinais de que está na hora de vender a sua empresa

Quem é sócio fundador de uma empresa sabe que chega um momento que a pessoa começa a se questionar se ainda é viável continuar com o negócio. Filhos que seguiram outras profissões e não pretendem dar continuidade ao trabalho realizado, constantes inconvenientes, vontade de se aposentar e aproveitar a vida ou ainda vivenciar novas experiências profissionais, entre outras questões. Tudo isso  faz você repensar sobre todo o negócio e cogitar, inclusive, vendê-lo. No entanto, antes de tomar essa decisão, é necessário interpretar alguns sinais importantes de que realmente chegou vivenciar uma jornada de venda e desprendimento do negócio.

1 – Pouco lucro. Muitas dívidas.

A sua companhia já não está lucrando conforme o planejado? Embora nem sempre o lucro aconteça conforme o esperado, é necessário observar alguns outros sinais que podem indicar o desgaste do negócio, tais como como salário de funcionários e impostos atrasados, grande dívidas com fornecedores e tudo mais que comprometa a saúde financeira de sua companhia.

2 – Busca por novos desafios

Seja para ficar mais tempo com sua família, viajar, ou até mesmo investir em algum outro projeto, muitas vezes surge a necessidade de “dar um tempo” naquele negócio que nos consome mais de 12 horas por dia. No entanto, para fazer isso, talvez seja preciso se desfazer da empresa atual, mesmo ela dando lucro. Estar preparado para este tipo de decisão não é fácil.

Muito stress, insatisfação, anseio por novos ares. Você tem ainda tem uma boa saúde física e financeira e cogita até buscar novas experiências profissionais. A vontade de fazer algo diferente e mudar de vida é o que tem levado muitos empresários a vender o seu negócio para apostar em novos modelos de negócio.

3 – Vendas pressionadas

Diversos fatores podem afetar as suas vendas: crise generalizada, muitos concorrentes e pouca inovação no produto ou serviço. Outro fator que pode somar a tudo isso são as constantes reclamações de clientes.  Não existe empresa sem clientes. E, quando os consumidores não estão mais comprando seus produtos e/ou contratando seus serviços, é porque algo aconteceu. Você deve analisar o que está acontecendo e planejar o que pode ser feito.

No entanto, se este sinal é apenas mais um em meio a tantos outros que você considera para vender a sua empresa, talvez seja o momento de passá-la adiante. Os ativos ainda possuem valor e há interessados. Como construir a tese de venda, pensar na transição, comunicar a família e funcionários. Tudo é desafiador.

4 – Sinais do mercado

Quando você está recém estudando a possibilidade de vender o seu negócio, depara-se com sinais do mercado de que é o momento ideal para vender a sua empresa. Empresários com o objetivo de expandir o mercado e dispostos a investir em novos negócios e/ou no segmento de sua empresa; empresas interessadas em comprar outras empresas para ampliar o portfólio de produtos e obter novas tecnologias; ou seja, o momento é favorável.

Se você está pensando em vender a sua empresa, é preciso estar atento ao mercado e saber interpretar tudo o que está acontecendo para que você saiba o momento certo para agir e fazer com que seja uma transação de sucesso para todas as partes.

5 – Decisão de Vida.

Mais do que uma mera decisão financeira, uma operação de venda revela o momento de vida e os valores do empresário naquele momento. Chega um momento que a vida pessoal, família ou a busca por novos desafios pesa mais alto. Como se desprender do passado e presente e buscar novos caminhos pro futuro passa a ser a grande pergunta a ser respondida.

Chegou a hora de vender, e agora?

Após decidir que você quer vender a sua empresa e analisar todos os sinais de que chegou o momento de seguir em frente, é necessário entender como funciona o processo de venda. São vários etapas que envolvem um processo de venda de uma empresa, iniciando pela coleta de informações e documentos, construção de uma tese de investimento, elaboração do laudo de avaliação e busca de investidores através de roadshow no mercado.

Trata-se, na maioria dos casos, de uma transação muito complexa e longa, por isso a melhor alternativa é contratar uma assessoria financeira para que não ocorram erros que tragam prejuízos e tudo saia conforme o planejado.

Os 5 sinais destacados acima não precisam, necessariamente, aparecer juntos para levá-lo a querer vender a sua empresa. Um processo de venda, principalmente companhias de médio porte, carregam para o empresário não só uma decisão financeira, mas uma decisão pessoal, psicológica, pesando o que é importante em um determinado momento da vida.

Editorial Nello Investimentos

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO